a

Latest Posts:

Sorry, no posts matched your criteria.

Follow Us:

Bituca por ele mesmo

Série da HBO acompanha Milton Nascimento em turnê nos EUA. A famosa timidez fica de lado e, em quatro episódios, o cantor e compositor fala de amizade, amor, espiritualidade e música

Milton Nascimento é conhecido por sua voz extraordinária e inconfundível, o talento como compositor e intérprete, mas também por ser uma pessoa reservada. Mergulhar na intimidade desse artista não é tarefa fácil – talvez, tenha sido o grande desafio dos diretores Cleisson Vidal e Leonardo Carvalhosa, da Terra Firme Produções. Ao lado de Roberto Rios e Patricia Carvalho, da HBO Latin America, e de Marcelo Braga, da Santa Rita Filmes, a dupla lança a série documental Milton Nascimento – Intimidade e poesia. A estreia será neste sábado (10), no canal HBO.

A ideia surgiu de uma conversa de Leonardo Carvalhosa com o primo Arthur Farinon, lighting designer e técnico de iluminação dos espetáculos de Milton. “Ele sugeriu que a gente acompanhasse a turnê Travessia nos Estados Unidos, em 2014. Acabei chamando o Cleisson, meu parceiro e um grande documentarista, e o acompanhamos durante 19 dias em Nova York, Atlanta, Miami, Los Angeles e Washington. Foi o início da história”, recorda Carvalhosa.

Da proximidade com o cantor e compositor veio a ideia de documentar Milton em primeira pessoa. Cleisson Vidal conta que o músico sempre carregou a fama da timidez, daí a dificuldade. “A gente foi ganhando confiança e ele foi se acostumando com a nossa presença. O mote era ouvir o Milton, conhecer sua visão de mundo sobre vários temas”, explica.

No decorrer de quatro episódios de 60 minutos, Bituca expõe suas ideias sobre música, política, arte, amizade, amor, solidão, espiritualidade e esperança. O programa explora três perspectivas: Milton e seu processo de criação inspirado na natureza; o artista em turnês, no palco e em momentos de reclusão; e entrevistas sobre sua vida e carreira.

A série é entremeada por histórias que marcaram a trajetória do autor de Travessia. “Algumas cenas foram gravadas em Minas, na região do Parque Estadual de Ibitipoca. Temos depoimentos de pessoas ligadas a ele tanto no Brasil, como o Lô Borges, quanto nos Estados Unidos, como Wayne Shorter (saxofonista e compositor norte-americano). Mas o foco é o Milton. O olhar é sobre ele”, comenta Cleisson.

FILME

O produtor Marcelo Braga revela que, ao deparar com a qualidade do material registrado, sugeriu que ele se tornasse uma série documental. “Não é apenas a cobertura de uma turnê, mas uma viagem pelo interior de um dos maiores artistas vivos deste planeta. Daí a ideia de retratar tudo isso de forma ímpar. Inicialmente, seria um longa-metragem, mas entendemos que tínhamos muito mais a oferecer”, diz.

Mineiro de Juiz de Fora, onde Bituca mora há dois anos, Braga adianta que a série é focada na intimidade e na poesia dele. “Ao longo do processo, Milton se tornou uma flor que desabrochou para todos nós. Essa pessoa que sempre foi tão reservada permitiu que a gente entrasse em seu universo. Foi uma honra para todos nós”, afirma.

“Milton é uma figura mundial”, lembra Leonardo Carvalhosa. “Quando iniciamos o projeto, não sabíamos para onde estávamos indo. Mas ele foi se abrindo aos poucos e retratamos isso. Posso te assegurar: é um dos seres humanos mais generosos da face da Terra. Milton Nascimento te toca com o olhar. Talvez tenha sido o maior presente profissional de toda a minha carreira”, conclui.

MILTON NASCIMENTO INTIMIDADE E POESIA
Direção: Cleisson Vidal e Leonardo Carvalhosa
Série com quatro episódios
Estreia neste sábado (10), às 21h, na HBO

https://www.em.com.br/app/noticia/cultura/2018/11/10/interna_cultura,1004632/bituca-por-ele-mesmo.shtml